O questionamento que uma amiga fez aqui no site a respeito do leite fraco me lembrou de escrever a respeito desse assunto que muitas vezes deixa as mamães super preocupadas.

Sabe que eu também quando comecei a ter problemas de crescimento com a minha bebê achava que o meu leite era FRACO, mas nessa minha “peregrinação” atrás de leite para ela descobri que na verdade “leite fraco” não existe! Nós mamães é que ficamos inseguras porque não enxergamos o leite em quantidade, mas a verdade é que o nosso corpo retira tudo o que pode de nós para fabricar o leite, então o leite nunca é fraco (a menos que a mamãe sofra de desnutrição severa).
Mas o que, na verdade, acontece conosco que não conseguimos amamentar é a QUANTIDADE que é muito pequena. O fato de produzirmos pouco leite é que não é suficiente para manter o bebê forte e saudável. Assim os bebês mamam, mas comem muito pouco, o que acaba não sendo suficiente para manter o seu gasto energético. É como nós adultos quando começamos a fazer uma dieta com os alimentos corretos, porém comendo em uma quantidade muito pequena (ou seja quando comemos muito pouquinho) e dessa forma começamos a emagrecer. Só que no caso dos bebês esse “emagrecimento” não é saudável porque eles precisam de calorias (que neste caso vem do leite do peito) para poderem crescer e se desenvolver. O gasto energético deles é intenso, pois as células estão se desenvolvendo e se multiplicando e eles precisam de energia, alimento, neste caso, MUUUITO leite materno, para suprirem as necessidades. Por esse motivo é que os médicos acabam introduzindo o suplemento (ou complemento em alguns casos) para satisfazer as necessidades do bebê e então fazê-los crescer e aumentar de peso.
Por isso é muito importante continuar dando o suplemento até que seu leite volte totalmente em grande quantidade ou então até que o médico recomende a suspensão.

Portanto NÃO EXISTE LEITE FRACO!

Se quiser saber mais a respeito digite “leite fraco” no Google e você verá a quantidade de matérias que aparecem respondendo e explicando detalhadamente que não existe leite fraco.

———

TEXTO MUITO INTERESSANTE!!!

Me fez reavaliar meus conceitos a respeito de amamentação…

Meninas, esse texto é do pediatra espanhol Dr. Carlos Gonzáles. É muito interessante, pq depois de um certo tempo de amamentação nossos seios não ficam tão cheios quanto antes, mas não significa dizer q nosso leite tá acabando, pq qto mais o bb suga, mais produz. Só seca se o bb não sugar.

O que posso fazer para aumentar o leite? “Por que você quer ter mais leite? Pensando em abrir uma fábrica de laticínios?

A preocupação que as mães apresentam sobre produção suficiente de leite é antiga: séculos atrás, quando todas amamentavam, preces eram direcionadas aos santos e às virgens “especialistas” em leite bom e abundante e as mães usavam ervas e poções com reputação sólida.

Talvez o medo venha da ignorância. As pessoas acreditavam que a quantidade de leite dependia da mãe – havia mães que produziam muito leite e outras que tinham pouco; mães que secretavam leite bom e outras que faziam leite fraco.

Na maioria dos casos, a quantidade de leite não depende da mãe, mas do bebê. Há bebês que mamam muito e outros que mamam pouco e a quantidade de leite será sempre exatamente o que o bebê retira.

Exatamente? Sim. A produção de leite é regulada minuto a minuto pela quantidade de leite que seu bebê tomou na mamada anterior. Se o bebê estava faminto e rapidamente esvaziou o seio, o leite será produzido com grande velocidade. Se, contudo, o bebê não estava muito interessado e deixou o seio meio cheio, a produção de leite será de forma mais lenta. Isso já foi demonstrado através de cuidadosos cálculos medindo o aumento no volume disponível no seio entre mamadas. Para a mãe que tem leite insuficiente, ou seja, menos que o bebê dela necessita, uma das seguintes condições TEM que estar presente:

1. Um bebê que não mama o suficiente (por exemplo, se o bebê está doente, cheio de água com açúcar ou chazinho ou tomou mamadeira);
2. Um bebê que mama, mas incorretamente (por exemplo, se o bebê posiciona a língua incorretamente porque acostumou-se com chupetas ou mamadeiras, ou está fraco porque tem perdido muito peso ou devido a um problema neurológico).
3. Um bebê que não é permitido mamar em livre demanda , porque as pessoas querem alimentá-lo em horários rígidos ou entretê-lo com uma chupeta quando ele mostra sinais de fome.

Além dessas três circunstâncias (ou algumas poucas outras que podem ocorrer muito raramente), praticamente todas as mães tesrão exatamente a quantidade de leite de que o bebê delas necessita.

Alguns dos “sintomas” de pouco leite são: (IRONIA DO AUTOR)
• o bebê chora
• o bebê não chora
• o bebê quer mamar com freqüência inferior a 3 horas
• já se passaram 3 horas e o bebê não está pedindo pra mamar
• o bebê leva mais de 10 minutos para mamar
• o bebê mama e em 5 minutos não quer mais
• o bebê mama de noite
• o bebê não mama de noite
• minha mãe também não teve leite
• minha mãe tinha muito mais leite que eu
• meus seios estão cheios demais
• meus seios estão vazios e murchos
• meus seios são imensos
• meus seios são pequenos demais
• eu não tenho bico
• eu tenho 3 mamilos (você ri? Muitas mães dizem seriamente “eu não tenho bico”. Eu garanto que é muito mais comum ter 3 mamilos que não ter nenhum).

Quando preocupada com estes sintomas, a mãe decide fazer alguma coisa para aumentar sua produção de leite. Se ela decide fazer algumas coisa inútil, mas inofensiva, como comer amêndoas ou acender uma vila para Santo Antônio, provavelmente nada de ruim acontecerá e é possível que sua fé faça com que ela credite que seu leite aumentou e todos ficam felizes. Mas algumas vezes a mãe tenta alguma coisa que funciona, ou pelo menos tem o potencial para funcionar. Nestes casos, os conselhos das pessoas que sabem alguma coisa sobre lactação humana pode fazer mais mal que bem, especialmente nos casos em que a mãe não tinha problemas de produção suficiente de leite.

O caso desta mãe retrata a profundidade da angústia que pode ser provocada quando se juntam a regra dos 10 minutos, o ganho de peso e alguns conselhos que parecem razoáveis, ainda que irrelevantes, já que não havia problema a ser solucionado:
“ Meu filho tem 3 meses e 10 dias. Ele pesa somente 4,640g. Nasceu com 3,120g e perdeu peso nos primeiros dias, chegando a 2,760g. O maior problema é que ele nunca quer mamar. Primeiro, eu o amamentava a cada 3 horas, mas ele sempre mamou só um pouquinho. O pediatra sugeriu que eu amamentasse a cada 2 horas, mas as coisas não melhoraram e me sugeriram que eu o colocasse no peito o tempo todo. As coisas pioraram. O bebê só mama bem à noite e durante o dia quando ele está sonolento. Eu já tentei tudo o que me aconselharam: tirei leite com a bomba antes de dar o peito, assim ele pode mamar o leite mais calórico e até eliminei tudo de laticínio da minha dieta. Nada adiantou e ele está me deixando louca. Já tentei dar mamadeira e ele não quer. O pediatra disse que ele é saudável (fez vários exames de laboratório) e normal, mas estou muito estressada. Vivo em constante desespero, preocupada se ele vai mamar direito na próxima mamada ou não, sempre observando para colocá-lo no peito quando ele vai dormir e ver se ele engole. Eu não posso sair de casa, porque ele pode querer mamar. Estou preocupada porque o peso dele está abaixo da média. “

O peso deste bebê está no percentil 7 da curva, ou seja, 7 de cada 100 bebês saudáveis desta idade pesam menos que ele. Isso dá 280.000 dos 4 milhões de bebês nascidos todo ano nos Estados Unidos. Como será que as mães dos outros 280.000 bebês estão sobrevivendo? Esse peso é absolutamente normal. Contudo, o problema não era o peso, mas o fato que o “bebê mama muito pouco”. O que isso significa aqui é que (uma vez que o bebê é amamentado e a gente não tem como saber o quanto ele mama) o bebê mama muito rápido.

Quanta dor teria sido evitada se esta mãe soubesse que alguns bebês mamam super rápido e outros bem lentamente e que não é necessário olhar o relógio. Teria sido tão melhor se da primeira vez que a mãe dissesse “meu bebê mama pouco”, alguém tivesse dito “claro! Ele é tão esperto que já descobriu como mamar com eficiência e rápido”. Ao invés disso, ela foi informada de que havia um problema, o bebê não estava mamando o suficiente… e receber conselho para amamentar mais vezes. Conselho destinado ao fracasso, já que o bebê não precisava mamar mais e não conseguia.

Em 4 meses, a situação deteriorou ao ponto de que o bebê só mama dormindo. Um psicólogo poderia ter falado sobre o assunto, mas não precisamos procurar razões psicólogicas abstratas para perceber que, se o bebê mamou dormindo já tomou tudo o que precisava (o que é evidente já que ele cresce normalmente) e é impossível adicionar mais mamadas depois que ele acorda. Ele comeria o dobro do que precisa.

O bebê não será capaz de mamar acordado se a mãe continua a amamentá-lo enquanto ele está dormindo. Ele só tem 4 meses, ainda vai experimentar sólidos e passar pela perda normal de apetite com 1 ano de idade. Se algo não mudar, a situação familiar ficará desesperadora.

Como o bebê vê esta situação? Claro, ele não entende o que está acontecendo. Ele não sabe que precisa mamar 10 minutos, nem que seu peso está no percentil 7. Ele estava bem, mamando quando queria, quando de repente coisas estranhas começaram a acontecer. Ele estava sendo acordado para mamar com muita freqüência e o melhor que ele podia fazer era ser flexível, fazendo as mamadas mais curtas, claro. Algumas vezes alguém tirava o leite desnatado do início da mamada e já no primeiro gole ele recebia creme de leite, cheio de gordura e caloria. Como era de se esperar, fazia as mamadas ainda mais curtas. Naturalmente, ele não aceitava a mamadeira (“mas eu já mamei 8 vezes hoje!” ). A cada mudança, ele respondia de maneira lógica, incapaz de compreender a sua mãe e os conselhos que ela recebia. Algumas semanas atrás ele começou a ter “pesadelos” estranhos. Ele sonha que um peito é introduzido na sua boca e que seu estômago enche-se de leite. A coisa mais estranha de todas é que o sonho é tão real, que ele até acorda com a barriga cheia e incapaz de mamar durante o dia.

Sua mãe parece mais preocupada a cada dia que passa; ele a vê chorando e isso o assusta. Se ele pudesse falar, diria a mesma coisa que sua mãe diz à gente “ela está me deixando louco”. E se ele fosse capaz de entender o que se passa, ele certamente faria um esforço para mamar bem lentamente e ficar 10 minutos no seio (mamando a mesma quantidade, claro, não há motivo para procurar uma indigestão). E isso faria todos felizes. Mas ele não entende o que acontece e não pode fazer um gesto de boa vontade. Somente sua mãe pode mudar; senão o problema permanecerá por muitos meses ou anos.”

Do livro My Child Won’t Eat, do pediatra Carlos González.

Retirado de: http://www.e-familynet.com/phpbb/viewtopic.php?t=286052

28 Respostas to “O mito do “Leite Fraco”!”

  1. Raquel said

    Suas dicas estão sendo a minha última salvação. Minha neném está com 3 meses e no último mês engordou somente 500 gramas, além de não estar evacuando normalmente, o que levou o pediatra a entrar com o complemento. Bem, na verdade desde 6 semanas eu já estava dando mamadeira (60 ml) na parte da noite, que era a hora que ela mais chorava, mas agora estão sendo 3 mamadeiras diárias, mais o peito. Minha dúvida é exatamente esta. Se não dou mamadeira em todas as mamadas, mas somente 3 vezes ao dia (100 ml por vez), será que o seu método vai dar certo? Finalmente hoje consegui a sonda, com muito custo e a de número 6, a menor que tinha na minha cidade. Fiz o teste na mamada da tarde. Ela dormiu quase o tempo todo, mas mamou 80 ml. Também estou com um seio desenvolvido e outro não e meu sonho é ver os dois produzindo leite e eu podendo amamentar minha pequena até 1 ano, como fiz com a minha filha mais velha, hoje com 4 anos. Mesmo fazendo uso do método poucas vezes ao dia será que vai dar certo??? Rezo para que isso aconteça. E agradeço muito ao seu site, como disse, foi a minha luz no final do túnel. Obrigada,

    • Raquel Querida,

      Fico feliz em saber que minha história foi útil para vc…

      Quanto a sua pergunta “Se não dou mamadeira em todas as mamadas, mas somente 3 vezes ao dia (100 ml por vez), será que o seu método vai dar certo (intercalo só com o peito)?” Sim te afirmo que o método dá certo. Eu também dava as mamadeiras com bastante espaçamento (apenas 3 a 4 vezes ao dia) e nos outros momentos quando ela queria mamar ficava mamando apenas no peito in natura.

      A propósito eu também tinha um peito que produzia melhor e outro não. No meu caso achei por bem dar em todas as mamadas primeiramente o peito que produzia sozinho para que ela mamasse o leite materno puro e nas horas em que era necessário tomar a mamadeira eu sempre utilizava a sonda no peito rebelde (o que produzia menos). E te digo que quando ela parou de mamar o peito rebelde estava produzindo bem mais leite que o peito bom. Então o que vc está fazendo está certíssimo. Dê sempre que possível o peito in natura. E nos momentos da mamadeira se possível estimule o peito mais difícil. ou os dois peitos se vc se sentir mais segura.

      Espero ter ajudado. Caso fique com alguma dúvida fique a vontade para continuar perguntando. E saiba que estarei aguardando as suas boas notícias no site.

  2. CARLA SOARES said

    OLÁ, SOU MÃE DE HA DOIS MESES, MEU FILHO CHORA MUITO,
    SÓ DORME A NOITE E PARECE QUE MAMA BEM A NOITE TAMBEM
    E DURANTE O DIA QUER FICAR SO NO PEITO O DIA INTEIRO
    NÃO TENHO MUITO INTERVALO, PARECE SEMPRE QUE TENHO POUCO LEITE E NÃO ESTA SUSTENTANDO, ME AJUDEM…

    • Carla Querida,

      No inicio o choro pode ser causado por muitas coisas (colica, frio, calor, dor, gases, etc). A gente geralmente associa a falta de leite mas nem sempre é. Tente ficar calma, tomar bastante água e deixe o bebê mamar livremente. Se vc precisar introduzir o leite artificial tente esta tecnica da relactacao (https://amamentacao.wordpress.com/) que será de grande ajuda.

      Espero que tudo fique bem e sinta-se a vontade para perguntar o que precisar.

      Beijinhos,

      Ana

  3. CARLA SOARES said

    gostaria de saber tambem, oque é bom eu comer
    para ter bastante leite.

  4. Flavia leite said

    meu filho tem 9 dias de nascido ele esta mamando bem graças a Deus , mas sinto as vezes que meus seios estão muchos e hoje tirei um pouco p/ ver a quantidade que tinha , pra minha surpresa tinha pouco menos de 10ml será que estou produzindo pouco leite o que fazer p/ melhorar ?

    • Olá Flavia,
      Parabéns pelo novo bebê e tenha paciência pois você não está com pouco leite…
      O peito costuma ficar assim mesmo parecendo “murcho”, mas isso ocorre porque na verdade todo o leitinho que está sendo produzido pelo corpo está sendo usado pelo bebê. E a mágica da amamentação é que quanto mais o bebê sugar, mais leite será produzido.

      Então minhas dicas são:
      1. DESCANSE sempre que possível. Se o bebê tirar uma sonequinha, aproveite pra tirar com ele. Assim seu corpo fica menos cansado para produzir o leitinho.
      2. Tome MUUUUITA ÀGUA. Quanto mais você se hidrata mais fácil é para o organismo produzir leitinho.
      3. E fique sossegada. As primeiras semanas são sempre um pouquinho mais complicadas até você se adaptar à rotina com o bebê. Depois tudo ficará mais fácil.

      Parabéns pelo Baby e fique tranquila, tudo correrá bem.
      Beijinhos e muito leitinho é meu desejo pra vocês dois,
      Ana

  5. adriana said

    meu filho tem 2 anos, gostaria de desmamá-lo pois ele não se alimenta de quase nada além do leite materno, inclusive ele usa o bico do seio como chupeta para dormir…mas não sei como fazê-lo, me ajudem…

  6. claudia said

    parabens pelo site tenho uma bebe de 7meses que adora mama no peito mas ela esta abaixo do peso somente com 5300 pois nasceu com 2200 a pediatra pediu para eu tirar um pouco o peito dela e dar sustagem pois trabalho o dia todo e o meu leite esta saindo muito pouco mas ela nao aceita nenhum tipo de complemento nao sei mais o que fazer me ajude

  7. kadia said

    Meu bebe mama muito varias vezes não estou aguentando mais de dor nos seios ele só fica quieto no peito acho que meu leite não sustenta ele o que devo fazer mim ajude por favor

  8. Olá, lendo seu artigo eu ri de mim mesma! Fiz várias coisas erradissimas pensando que estava certa, ou pelo menos tentando fazer o melhor pra minha bebê…
    A minha primeira filha só mamou até o terceiro mês, devido a um acontecimento que me deixou muito nervosa meu leite secou da noite pro dia. Agora minha segunda filha, por tanta preocupação minha em não ter novamente como amamenta-la suficientemente está sem meu leite também… Achando que não estava tendo leite novamente, comecei a dar mamadeira, mas agora meu leite está resolvendo aparecer denovo. O problema é que ela se acostumou com a mamadeira e não mama direito no peito. Ela até começa sugando super bem, mas daqui a pouco para e… necas, fica chuchando como se estivesse na mamadeira, aí o leite não sai mais e ela começa a ficar nervosa, me empurra e faz manha. Ela está com 1 mês somente e acho que ainda tenho esperança em amamenta-la no peito novamente. Mas minha dúvida é como fazer ela começar a sugar direito? Um dia deixei ela o dia inteiro sem a mamadeira e dava o peito toda hora q ela pedia, mas no fim do dia ela chorava desesperada de fome, pq não sugava direito, o leite não saia direito e a fome ia apertando cada vez mais…tive que ceder, ela mamou e dormiu toda feliz. Mas quero MUITO amamenta-la no peito, você tem alguma dica pra me dar? Todos me dizem que meu leite só vai aparecer se ela sugar, mas o que eu faço pra ensina-la a sugar DIREITO denovo?
    Obrigada,
    Leticia

  9. […] a amamentação, como o mito do “leite fraco” por exemplo. ATENÇÃO BRASIL: NÃO EXISTE LEITE FRACO. O leite tem sempre a mesma composição que é justamente a ideal para o […]

  10. Ana Paula said

    Nossa, quando eu li pensei que fosse minha história…kkk. Meu bb tem 4 meses, mama a noite super bem, mas durante o dia nem tanto minha mae fala q tenho q dar mais mama, q ele chora de fome e etc. sendo q é fralda ou sono…no inicio eu tomava remedio para dar mais leite, aquilo me irritava pq meu peito ficava transbordando e meu filho nao dava conta. Minha sogra falava é bom vc dar um complemento pra ele…e eu sempre perguntava pro pediatra…ele me respondia vamos ver o peso e sempre dava 500 a 600 gr por mes…Só faltou dizer que o bb dorme 13 horas seguidas por noite (22:00 as 11:00) e durante o dia nao tira a sonequinha que alguns livros falam da tal rotina! Agora vou divulgar o que li para essas pessoas.

  11. maria eliane said

    ola. presiso d ajuda. tenho um bebe d 3 meses meu peito nao ta reproduzindo bastante leite a dois dias atrais quando eu ia dormi, eu sempre acordava com o peito cheio, mais agora eles nao enche mais. só quando meu bebe ta mamando q começa encher na boca dele e normau me ajudem, de dia ele só mama quando esta com bastante fome tenho pouco bico e ele fica nervozo

  12. fabenilça said

    meu bebe ta desse jeito no dia 10/06/13 levei no pediatra com 4 meses pesando 6.200kg ta tudo bem mais ficou neurotica pois ele acorda umas 4 vezes a noite pra mama e durante o dia mim da uma canseira quase nao mama.as vezes fico triste pensando se nao ta passando fome ou se e meu leite q ta acabando.

  13. Laís said

    Olá! minha bebê chora muito depois que mama, eu acho que pode ser cólica, mas, conhecidos afirmam que ela está com fome e que meu leite não é suficiente, e fraco, para ela, já estou desesperada! ela dorme a noite toda e apenas durante o dia ela chora. A demanda das mamadas é livre, quando ela chora coloco-a no peito, se for fome ela irá comer. Ela está com 2 meses e 9 dias e com 4.200kg. o pediatra pediu para acompanhar o peso dela pois está um pouco abaixo do peso. Ela nasceu com 3.250kg, perdeu peso e foi a 2.925kg e após 10 dias havia ganho apenas 30 gramas, indo para 2.955kg, creio que foi este período que influenciou no ganho de peso dela. Não sei mais o que fazer, o que pensar… uns falam uma coisa, outros falam outras. Vou ficar maluca.O que eu faço? Já estão insistindo para que eu dê NAN para ela, pois dizem que não tenho leite… Quando acordo meu seio está super cheio mas durante o dia ele não enche como pela manhã. Me ajudem!!!

  14. Maria Cecilia C. de S. Pereira said

    Cara Ana,
    Fiquei encantada com seu site e resolvi escrever minha história e solicitar ajuda.
    Meu bebê está com dois meses. Tudo ia muito bem durante o primeiro mês, quando estava amamentando minha filha somente no peito. Uma semana antes dela completar dois meses, fui visitar minha sogra e ela percebeu minha bebê mamando sofregamente meu seio e disse: “Essa menina está com fome!”.Ela realmente começou a “reclamar”(chorar) sugando o seio. Apertava meu seio e percebia que não saía quase leite. Passei a dar 60ml na hora do “chororô”, uma pela manhã. Durante todo o dia dou o peito, e dou o peito o máximo. Aí, à noite, lá pelas 20:00h ela também reclama. Fui ao pediatra e ele recomendou dar o suplemento também à noite. Outra preocupação:durante o dia ela mama um pouquinho cada seio (ela gosta mais do direito e rejeita o esquerdo) e logo em seguida adormece, principalmente dos dias mais frios.Eu tento acordá-la mexendo com ela, faço cócegas, ela acorda, mama e adormece novamente.Minha dúvida é se ela está se alimentando direito.Daí, no início da noite ela desperta e fica procurando leito nos seios. Eu me desespero e dou o “bendito” suplemento na mamadeira, aí ela se acalma e dorme. Esse “tormento” está acontecendo há mais ou menos duas semanas e meia. Estou angustiada pois quero amamentá-la somente no peito. Uma psicóloga que me orienta na amamentação recomendou que eu comprasse o Mama tutti da Self Milk, que é um recipiente com a sonda a qual você menciona do seu depoimento. Eu já comprei pela internet, mas ainda não chegou. Estou ansiosa para que ele chegue logo para o poder voltar a amamentar minha filha somente no peito. Você não imagina como o seu site me deu esperanças disso acontecer. Por favor me responda sobre o fato dela mamar e adormecer em seguida.Obrigada.M. Cecilia.

  15. Marlene souza said

    Continuo como duvida meu peito e mucho não tenho muito leite e meu bebe mama toda hora ele ta como nove mês vou tira ele do peito porque acho que já não sustenta ele mana muito

  16. Mercia Aguiar said

    Olá, tudo bem ? Tenho uma dúvida minha filha está com 3 meses e 26 dias, e seu peso e 5,500 com 59 cm. Mas todos falam para dar suplemento pois acham ela pequena demais. Mas ela não chora porém quando mama fica bastante tempo no peito no começo tinha muito leite chegando dar febre, agora sinto minha mama vem cheia de manhã só que todas vezes que ela mama não sinto esvaziar. Agora vou trabalhar no período da tarde e a pediatra pediu para dar frutá e suco de laranja , toda manhã esvazio a mama para deixar uma mamadeira para ela. Teria alguma sugestão o peso dela esta bom. Obrigada.

  17. […] “leite fraco” – muitas mães afirmam que o leite era fraco, que não sustentava, que o bebê chorava muito e que tudo melhorou quando ele tomou o complemento, um chazinho, um pouco de água. leite fraco é um mito! (para maiores esclarecimentos, recomendo a leitura deste texto. clique para ler) […]

  18. Mirian said

    Minha filha está com 4 meses e só mama dormindo, ela só mama no peito tentei dar mamadeira porquê vou retornar ao trabalho mais ela não quer pegar. Ela está se desenvolvendo bem, está com 7.300kg . Mas minha dificuldade é essa , dela não querer mamar acordada. Já chegou vez dela ficar mais de 5 horas sem mamar. Alguma dica ? Isso está me deixando doida….

  19. […] descobri que a produção do leite depende bem mais do bebê do que da mãe. Tem um texto bem legal nesse blog, falando sobre isso. E acredito, que o fato de ter feito cesárea também tenha ajudado para a […]

  20. flavia said

    Minha filha tem 2 meses e eu n tenho leite tem como eu consigui leite e da pra ela

  21. Letícia Fernandes said

    Meus pais vivem falando que o meu leite é fraco, mando eles irem pastar, o problema não é o leite, é o sono da minha filha, ela não dorme facilmente durante o dia, só quer ficar mamando ou no colo, às vezes até dorme, mas é colocar no berço para acordar. Já durante a noite ela dorme cerca de y horas seguidas, ou seja, se fosse fraco não sustentava durante a noite.

    Só sei que fico possessa com estes palpites idiotas.

  22. ELAINE said

    Olá.
    Tenho uma bebê de 4 meses e ela só mama no peito, e pesa apenas 4800 e tem 61 cm, fiquei preocupada com tudo isso, ela só está engordando 300 gramas.
    Eu sei que o leite materno é o melhor a se dá, mas as vezes dá um desespero, pois ela chora muito e ai as pessoas ficam dizendo, ela está com fome, dá complementos logo, dá sopa, dá suco…
    Aí são tantas coisas que dá vontade de sair correndo.
    Mais lendo seus textos , irá me ajudar muito. A não parar de amamentar minha pequena.

  23. elidio soares de souza nildo said

    Tenho um netinho de apenas 15 dias,quando a minha filha deixou a maternidade,a Dra.,falou pra ele que a amamentação seria de 3 em 3 horas,só que a criança chora muito por mais leite,o que fazer Dr.?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: